É, por vezes, chamado o “o part-time dos universitários” e é fácil de ver o motivo. Numa visita a um call center percebe-se que muitas das cadeiras são ocupadas por estudantes que procuram um emprego que acrescentar “uns trocos” à mesada dos pais e, pelo caminho, ganhar algumas competências para o futuro – que serão fundamentais para os seus percursos profissionais (como a capacidade de comunicação e de relacionamento interpessoal, o forte sentido de responsabilidade ou a capacidade de liderança, por exemplo).

O que fazer com o tempo livre? E quando as despesas se avolumam? Um emprego poderá ser uma boa forma de equilibrar esta balança. Embora não seja obrigatório, o tipo de emprego que melhor serve normalmente as necessidades do povo estudantil é em regime de part-time. Então, por onde começar? Aqui ficam as nossas sugestões de como encontrar os melhores empregos para estudantes.
Aqui tudo depende de sua forma de pensar e de encarar este tipo de trabalho. Se você não se sentir confortável criando material acadêmico, então não o faça, trabalhe em casa digitando. É claro que a digitação é uma atividade menos rentável e até mais enfadonha, mas não levanta os mesmos problemas éticos que a criação de material universitário pode levantar.
Com o surgimento de plataformas como Pinterest, Instagram, Snapchat e Facebook, o mundo se acostumou a utilizar imagens para se comunicar, e por isso a fotografia é hoje uma excelente forma de você iniciar o seu negócio ainda na universidade, porque mesmo não sendo profissional, você conhece técnicas e tecnologias capazes de ajudá-lo a entregar ótimos trabalhos para empresas, agências de mídia e publicidade, entre outros.
O contacto com os serviços de ação social da universidade permite também conhecer iniciativas locais de alojamento. Em Coimbra, Évora e Santarém, três projetos sociais (respetivamente “Lado a Lado”, “Laços para a Vida” e “Quarto Crescente”) tentam dar resposta ao alojamento de alunos com carências económicas e, ao mesmo tempo, combater a solidão da população mais idosa nos bairros históricos destas cidades.
Para encontrar as melhores oportunidades, o estudante deve começar verificando se a sua universidade oferece estágios. Se não, procure buscar informações em sites como o Linkedin e agências de emprego e empresas especializadas, como o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). Esses espaços trazem as melhores vagas e informações sobre processos de admissão em todas as áreas.

Se estamos a falar dos melhores empregos para estudantes, temos que falar desta possibilidade. Esta ainda é uma área pouco explorada em Portugal, mas que já começa a ganhar algum terreno. Fazer babysitting é ideal para quem quer ganhar dinheiro em casa a cuidar de crianças. Claro, que a opção é uma boa hipótese para quem gosta de crianças (e tem jeito para lidar com elas), mas se for o seu caso, tem tudo para dar certo.
Mas se você não se importar com as questões da ética e da moral e resolver criar conteúdos acadêmicos para vender a estudantes universitários, vai gostar de saber que na Internet existem muitos recursos que vão tornar sua tarefa mais simples. Nos últimos anos surgiram diversos sites de material acadêmico, onde você poderá encontrar inspiração para escrever sobre os mais diversos temas.
2 minutos Dicas Essenciais Para Ter Sucesso Online Os negócios na internet de sucesso são uma realidade, basta se conectar a rede mundial de computadores para comprovar isso. No entanto, além de todas as informações que normalmente são compartilhadas, é importante entender que ninguém adquire altas somas de dinheiro do dia para a noite, não existe fórmula mágica.  O sucesso na internet é também fruto de muito estudo, dedicação e perseverança e, de acordo com o nicho no qual você atuar, pode levar mais ou Continue lendo→
×