É, por vezes, chamado o “o part-time dos universitários” e é fácil de ver o motivo. Numa visita a um call center percebe-se que muitas das cadeiras são ocupadas por estudantes que procuram um emprego que acrescentar “uns trocos” à mesada dos pais e, pelo caminho, ganhar algumas competências para o futuro – que serão fundamentais para os seus percursos profissionais (como a capacidade de comunicação e de relacionamento interpessoal, o forte sentido de responsabilidade ou a capacidade de liderança, por exemplo).
Para conseguir alojamento numa residência, o processo é feito por candidatura. Para os novos estudantes, o processo só abre depois do período de inscrições e matrículas. Uma vez que as vagas são limitadas – e que a maioria das camas já está ocupada com residentes que transitam do ano anterior – a concorrência por um lugar numa residência pode ser intensa. A prioridade vai para alunos bolseiros.
A procura por criadores de conteúdo é imensa, então se você tem alguma facilidade em escrever, fala outros idiomas e tem facilidade em tradução, já é meio caminho andado para se candidatar a vagas como tradutor ou redator freelancer para os mais diversos tipos de clientes que busca por fazer marketing de conteúdo, como empresas, blogs, sites especializados, entre muitas outras opções específicas.
Para encontrar as melhores oportunidades, o estudante deve começar verificando se a sua universidade oferece estágios. Se não, procure buscar informações em sites como o Linkedin e agências de emprego e empresas especializadas, como o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE). Esses espaços trazem as melhores vagas e informações sobre processos de admissão em todas as áreas.
Aqui está outra possibilidade que os estudantes podem explorar. E em muitos casos nem sequer tem que trabalhar em dias de aulas. Os trabalhos de numa empresa de catering são, por norma, eventos que decorrem aos fins de semana (como é o caso dos casamentos, por exemplo), mas mesmo aqueles que decorrem durante a semana (como eventos das empresas) costumam ser marcados para depois do horário de trabalho e de estudo – o que faz deste trabalho uma boa opção para estudantes.
Basta manter-se informado, e se não tiver informações sobre os postos de trabalho disponíveis publicamente, trate de se informar pessoalmente. De entre alguns dos trabalhos mais requisitados nas faculdades, poderemos encontrar por exemplo empregos nos departamentos académicos, na biblioteca, a prestar suporte técnico, prestar apoio nos departamentos de investigação,no ginásio, etc.
Trabalha neste registo há seis meses, por volta de 20 a 25 horas semanais, transformando-se num emprego a tempo inteiro quando percebeu que conseguia ganhar dinheiro suficiente para o mês. Revelou na VICE, anonimamente, que as pessoas perguntavam se não havia problema com a legalidade do trabalho, mas não está a fazer nada ilegal, apenas é “moralmente duvidoso”.
Muito bem! Excelente conteúdo, bem explicado.. Completo!! Só pra ressaltar amo o mercado de afiliados, sou atuante na área e não me vejo fazendo outra coisa. Uma boa opção também qual deixou evidente aqui é a profissão de secretária remota que vem crescendo e muito desde o ano passado e que vale muito a pena se tentar!! Fantástico seu conteúdo. Parabéns!
Outro importante e popular trabalho on-line para os estudantes paquistaneses sem investimento é escrever as opiniões dos produtos. Ao fazer este trabalho, as empresas podem facilmente anunciar seus produtos. Como sabemos que estes dias marketing eficaz é muito importante para aumentar as vendas da empresa. Para realizar este trabalho, a pessoa deve obter o conhecimento técnico.
O contacto com os serviços de ação social da universidade permite também conhecer iniciativas locais de alojamento. Em Coimbra, Évora e Santarém, três projetos sociais (respetivamente “Lado a Lado”, “Laços para a Vida” e “Quarto Crescente”) tentam dar resposta ao alojamento de alunos com carências económicas e, ao mesmo tempo, combater a solidão da população mais idosa nos bairros históricos destas cidades.

Com o surgimento de plataformas como Pinterest, Instagram, Snapchat e Facebook, o mundo se acostumou a utilizar imagens para se comunicar, e por isso a fotografia é hoje uma excelente forma de você iniciar o seu negócio ainda na universidade, porque mesmo não sendo profissional, você conhece técnicas e tecnologias capazes de ajudá-lo a entregar ótimos trabalhos para empresas, agências de mídia e publicidade, entre outros.
Realmente, trabalhar em casa pela Internet é um processo que, até começar a dar os primeiros resultados, leva um bom tempo, como a maioria dos outros negócios no mundo físico. O importante é ser perseverante a trabalhar em um negócio que realmente tenha escala suficiente para gerar uma receita tal, que possa lhe proporcionar sua independência financeira.
Concierges costumavam ser os homens e mulheres altamente informados que davam sugestões de restaurantes nos balcões dos hotéis. Graças à Internet, no entanto, agora eles podem trabalhar em qualquer lugar, oferecendo assistência em viagens, fazendo reservas e respondendo a perguntas por telefone, e-mail, mensagem de texto ou de bate-papo. VIPdesk.com, o empregador mais importante neste campo, contrata concierges baseados em casa para uma variedade de empresas em todo o mundo, que precisam desta praticidade. Os funcionários podem ganhar benefícios, incluindo seguro e férias remuneradas, e podem definir seus próprios horários como integral ou meio-período. Outras empresas podem agir como intermediários para concierges e outros clientes.
É muito fácil. Registe-se em Ads-Views através do seu formulário e uma vez inscrito poderá ver que empresas de investigação de mercados se ajustam ao seu perfil. Seleccione as quiser das que lhe propomos e espere a confirmação de que está aceite. Uma vez que tenha recebido a confirmação siga as instruções de cada uma para completar a sua conta e já poderá começar a ganhar dinheiro!
×